domingo, 4 de setembro de 2011

Siga o tom da sua música...


A noite ainda respira do outro lado da rua quando o som da brisa, pedindo para entrar pela janela, rompe o silêncio.
E como todo silêncio partido já é um barulho, a música solta a voz.
Atrevida, ela abraça o ambiente ao som de um blues qualquer. Só pra começar a noite.
Fingindo importar-se com o jogo de passos, ela improvisa uma pista de dança. entre uma colcheia e outra, a combinação de notas despem a vergonha de uma noite acanhada.
Sem esforço, do rock ao samba ela perde a linha.
Em ritmo dançante a música parece sussurrar notas travessas e ousadas no ouvido da censura, que tímida e já corada cede ao embalo de uma cifra perfeita.
Então, feche olhos e siga o ritmo. Dance.
Ouça. Sinta. Deixa a música te tocar. Ela sabe o que faz.
Siga o tom da sua música, enquanto a lua ainda está viva lá fora.
Dance, enquanto somos jovens e o exagero ainda não saiu de moda.