Ninguém disse que seria fácil...

Pintei com tons de futuro os velhos retratos e algumas páginas já foram arrancadas do espiral enferrujado.
Doei seus antigos discos e adotei os melhores romances que sobraram do seu acervo.
Apaguei os finais de meses para não ter que programar o amanhã.
Sob pressão, dei voz às razões, emudecendo velhas emoções.
Distraí o tédio mudando os canais da tv e maquiei algumas pretensões embaralhando a rotina da direção.
Inventei compromissos, menti sobrenomes e ri de outras promessas frágeis.
Rejeitei ao convite incerto dos atalhos.
Ninguém disse que seria fácil e eu paguei pra ver.
A obstinação acabou dissolvendo os velhos receios e as ilusões marcharam entre uma cegueira suspeita.
Eu só quis dar um sentido às coisas.
Aos poucos, senti de volta o chão abaixo dos pés e, num pico alto da cidade, o sol bateu no rosto outra vez.
Velhas contradições saíram sem tempo de uma despedida e novos sentidos chegaram pra nunca mais partir.

57 comentários:

  1. Nossa,que lindo isso...Intenso,sincero!
    Me lembrei de Coldplay ao sentir teu texto:

    "Ninguém disse que seria fácil.Ninguém jamais disse que seria tão difícil assim"

    Adorei te ler!
    Um beijoooo!

    ResponderExcluir
  2. Adoro a chegada desses 'novos sentidos'!
    Peço perdão pois o blogger está com problemas e, não estou conseguindo moderar comentários.
    Assim,que resolver moderarei.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  3. Maravilhoso, parabéns!

    Continue assim, sempre.


    O que mais gostei foi "Ninguém disse que seria fácil e eu paguei pra ver." tem muito sentimento.

    Parabéns!

    Beijo ;*

    ResponderExcluir
  4. Obrigada querida (:
    Gostei deste teu post ,escreves mesmo bem querida.
    Beijinhos*

    ResponderExcluir
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  6. "O sol bateu no rosto outra vez"

    Por vezes somos prisioneiros.
    Por vezes acordamos em cárceres escuros.
    Mas por sorte uma brisa leve solar sempre penetra o que se estaguina, e varre as grades imáginarias constituídas de conceitos e paradigmas.

    É facinante ver alguém se reencontrar consigo mesmo.

    Um abraço!

    ResponderExcluir
  7. 'Eu só quis dar um sentido às coisas.'

    Lindo!

    Beijos.

    ResponderExcluir
  8. Amo o jeito que brinca com as palavras, em metáforas.
    Muito bonito o que escrevestes.
    beijo.

    ResponderExcluir
  9. Eu amo tanto tudo isso que você escreve. *-*

    ResponderExcluir
  10. "Aos poucos, senti de volta o chão abaixo dos pés e, num pico alto da cidade, o sol bateu no rosto outra vez."
    Ás vezes é preciso se perder para se encontrar de novo!
    Liindo :)

    ResponderExcluir
  11. muito muito bom!
    vc sempre escreve com perfeição e delicadeza
    beijos

    ResponderExcluir
  12. É sempre bom, quando conseguimos mudar...

    Beijos moça

    ResponderExcluir
  13. belo como sempre.

    "Ninguém disse que seria fácil e eu paguei pra ver." *----------*

    ResponderExcluir
  14. É vivendo que a gente realmente percebe que não é fácil... mas nem por isso podemos deixar de seguir em frente...

    Bjs =)

    ResponderExcluir
  15. "Eu só quis dar um sentido às coisas."
    Incrível como é isso que fazemos quando estamos insatisfeitos, simplesmente tentamos maquiar tudo achando estar criando soluções.

    Liiiindo blog! Seguindo.

    ResponderExcluir
  16. Seu texto transborda sentimento e isso é dificil de se encontrar.
    As vezes nao imaginamos o quanto uma coisa pode ser complexa e entramos de cabeça nela, sem pensar em mais nada e ai percebemos que talvez seja dificil demais. Beijos

    ResponderExcluir
  17. O luto acabou
    e já tenho de despir
    as vestes tintas de escuro.
    O que usar a partir de hoje
    será só tinto de lágrimas.

    Isumi Shikibu

    ResponderExcluir
  18. de volta ao blogue e já sem bugs :-)
    especialmente feliz a relação entre o passado e o futuro (o presente mantém-se como linha frágil e imperceptível) que sintetizo na primeira frase: "Pintei com tons de futuro os velhos retratos e algumas páginas já foram arrancadas do espiral enferrujado."
    um beijinho!

    ResponderExcluir
  19. Você me lembrou de como podemos ser mutáveis e inconstantes.
    De como o passado e o presente jogam xadrez com nossas vidas.

    E de que temos que escolher em qual tempo viver.

    Sempre adoro aqui.

    ResponderExcluir
  20. Seu texto desce pela goela como delicado licor, invade a alma e a mente, expande, atinge, mexe com a gente. Ufa!

    BeijooO*

    ResponderExcluir
  21. "Inventei compromissos, menti sobrenomes e ri de outras promessas frágeis."

    Surpreendente!

    ;*

    ResponderExcluir
  22. Ninhaaa..enfim, blog feito!
    To te seguindo aqui ja!
    E quanto ao texto, sem argumentos hein ;)

    Mto 10! Parabens!
    Beeeju! *-*

    ResponderExcluir
  23. O bom dessa vida é isso,,,os caminhos que decidimos por eles,,,e nao os que nos dizem,,,mesmo que seja dificil..o que na verdade e,,,tudo vale como conquista,,,,beijos de bom dia.

    ResponderExcluir
  24. Não é fácil se renovar, mudar antigos costumes, antigos sentimentos. Mas com novos projetos tudo se encaixa e quando você distrái o tédio o mundo se acalma. As soluções aparecem.
    Beijos :*

    ResponderExcluir
  25. lindo ...adorei!! sentimentos tão sinceros descritos em palavras.. vc tem esse dom!! te adoro, flor!!! bjos

    ResponderExcluir
  26. Mudanças. E um cotidiano cheio de toques e momentos. Lindo Ana.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  27. Ana Carolina. Obrigada pela visita comentada em meu blog. Adoro receber suas visitas! Linda publicação! Seus textos são maravilhosos. E neste, especialmente, entendo que vc quer dizer o que eu penso: a vida é para os fortes. Bjs.

    ResponderExcluir
  28. velhos amores e futuros , adorei a imagem das coisas velhas por ti plantadas aqui no teu texto

    ResponderExcluir
  29. 'ninguem me disse que seria facil e eu paguei pra ver ' frase de efieto, amei *-*

    ResponderExcluir
  30. Inevitável lembra de Coldplay 'Nobody said it was easy...'

    Mas às vezes, como eles continuariam, não disseram que seria tão difícil também.

    'So let's go back to the start'

    Ainda que entre contradições e novos sentidos.

    Lindo teu texto.

    =*

    ResponderExcluir
  31. oi grafite,
    belo sentimentos..
    lindo +++++
    bjos com carinho....

    ResponderExcluir
  32. é que esqueceram de dizer que tambem nao seria dificil ne
    gostei do texto flor
    beijos

    ResponderExcluir
  33. Continue assim, com força. Sempre!

    Belo post!

    Beijão!

    ResponderExcluir
  34. Muito bem feito, maravilhoso, me apaixonei!!

    ResponderExcluir
  35. Nossa muito perfeito , intenso , sincero , amei demais *-*'

    ResponderExcluir
  36. És uma querida :p
    E está lindo, tal como todos os teus textos!

    ResponderExcluir
  37. Seu blog é uma delícia
    adorei
    vou te add
    Beijos e boa sexta!

    ResponderExcluir
  38. como que faz pra pintar o passado ?
    e virar um futuro ?
    tudo lindo aqui
    besjos

    ResponderExcluir
  39. muito bom como de costume. acho que você anda em uma fase positiva, de progresso. beijos

    ResponderExcluir
  40. Tem momentos que a razão nos escapa. No entanto, no momento correto ela retorna.

    ResponderExcluir
  41. A"os poucos, senti de volta o chão abaixo dos pés e, num pico alto da cidade, o sol bateu no rosto outra vez.
    Velhas contradições saíram sem tempo de uma despedida e novos sentidos chegaram pra nunca mais partir."

    éee, desse jeito :)

    *-*
    adorei o texto, COMO SEMPRE!

    ResponderExcluir
  42. É muito bom nos renovar, deixar ir embora as lembranças passadas, e deixar os novos caminhos acelerar o nosso peito. Fazendo assim, que as coisas novas e boas, fique permanente em nosso ser. Texto muito bom!

    ResponderExcluir
  43. passando para te desejar um final de semana feliz.
    Maurizio

    ResponderExcluir
  44. Adoreei *-*
    esse texto é ótimo, assim como todos os outros
    Parabéns !

    ResponderExcluir
  45. Nada na vida é fácil.
    Então temos que desistir de algumas coisas, lutar por outras e esperar.
    Um dia umas coisas se vão e aos outra vem. E elas sempre irão mudar as nossas vidas.
    Mas nunca vai ser fácil.

    ResponderExcluir
  46. Quase nada é fácil, na verdade. E quando é difícil, acaba tendo mais valor
    =]
    Lindo texto!
    Bjos

    ResponderExcluir
  47. Que belo texto *-*
    Sempre acabamos pagando para ver...

    Beijos.

    ResponderExcluir