quinta-feira, 19 de agosto de 2010

Deixa eu decidir se é cedo ou tarde...

Apressei a solidão pelo olhar da manhã e um pouco mais.
Procurei abafar os auto-falantes, apagar o giz colorido da calçada e, propositalmente, perdi suas palavras.
Agora parece ser tarde.
Não de voz à curiosidade e tente enganar a teimosia.
Eu sei que você é capaz de notar os sinais, então jogue fora as chaves e abandone as razões desorientadas.
A ausência dos seus disfarces joviais torna a tarde mais segura e o silêncio do seu timbre exagerado adormece a banalidade.
Não tente roubar a cena outra vez, eu cansei da demasia manipulada e da vaidade mascarada.
Meu lugar é a poltrona ao lado da liberdade e minhas regras fazem parte da sensatez do acaso.
Não espero mais.
Vou e aviso-te que não volto cedo.

85 comentários:

  1. (...)'Vou e aviso-te que não volto cedo'. Eu fui faz tempo! Ótimo blog, moça!

    ResponderExcluir
  2. Nossa! adorei!
    ...silêncio do seu timbre exagerado...
    Muito bom!
    Bjos Aninha

    ResponderExcluir
  3. isso seria um aviso de mudança ?
    bjs *-*

    ResponderExcluir
  4. muito obrigada *.*
    este blog é fantástico mesmo!

    ResponderExcluir
  5. "Meu lugar é a poltrona ao lado da liberdade e minhas regras fazem parte da sensatez do acaso.
    Não espero mais.
    Vou e aviso-te que não volto cedo."

    Como gostei *.*
    Beijo*

    ResponderExcluir
  6. Perfeito, perfeito!
    E eu também adoro aqui. <3

    ResponderExcluir
  7. ahhh suas palavras são inspiradoras, querida...
    cuide-se

    ResponderExcluir
  8. ...Espera eu considerar...

    A sutileza de um pontapé. Muito bom =)

    ResponderExcluir
  9. Com a liberdade do lado da poltrona é melhor nem ficar sentada não acha?

    beijos lindaaa!

    ResponderExcluir
  10. Doce reflexão!

    Enquanto não nos encontramos em nós mesmos, em plenitude, estaremos corrompendo nossos sentidos em relação ao outro. Reduzimos o amor a um desejo de receber o que já não sabemos sentir e nem oferecer a nós mesmos.

    Mas quando nos recolhemos, "ao lado da liberdade e da sensatez do acaso", percebemos que o amor sempre esteve ali dentro de nós e então é possível direcioná-lo!

    Um beijo!

    ResponderExcluir
  11. Meu lugar é a poltrona ao lado da liberdade e minhas regras fazem parte da sensatez do acaso.
    noooooooooooooooooooooossa que frase, até me arrepiei :D
    beijos

    ResponderExcluir
  12. Adorei seu blog flor, tem muito conteúdo e posts realmente escritos com o coração! Parabéns, bjos doces pra vc;**

    ResponderExcluir
  13. Oi...que maravilha!

    COISA DE GENTE GRANDE!!!!NÃO NO TAMANHO...ENTENDA!

    Perfeito este texto!!!

    bjos e muita luz!!!

    Zil

    ResponderExcluir
  14. Lindooo *-*
    Quanta sutileza para ir...
    Simplesmente perfeito!
    E como sempre...amo tudo aqui!

    beijos no coração!

    Lis

    ResponderExcluir
  15. Divino!!

    Bom final de semana flor, beijosssssss

    ResponderExcluir
  16. belo ...

    intenso... magico!

    amei...
    estrelas

    abraços do lelis

    ResponderExcluir
  17. Que graça de post. Encantada, moça!

    BeijooO*

    ResponderExcluir
  18. perfeito está este post, nunca te vi a escreveres tão bem! parabéns *

    ResponderExcluir
  19. Perfeitooooooo! *-*
    Adorei <3

    Beijos :*

    ResponderExcluir
  20. Beijo carinhoso de otimo final de semana pra ti querida.

    ResponderExcluir
  21. querida grafite, o difícil não é adivinhar se é cedo ou tarde; tenho a certeza de que o busílis está em decidir. verdade?
    de novo um texto que nos mostra como só tu sabes radiografar os corpos dos afectos...
    um beijinho!

    ResponderExcluir
  22. De leve ou com força é muito bom quando se retoma o controle da própria vida.
    Bonito texto.
    beijos

    ResponderExcluir
  23. Eiii...tem um selinho lá no blog pra vc!!!
    Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ Bezo no ♥ ! *.*

    ResponderExcluir
  24. Há certos momentos de ir e não voltar,de mudar e amadurecer.De perceber que a vida sempre nos proporciona algo melhor.

    ResponderExcluir
  25. A liberdade não pode ser violada, podemos nos doar, sem perder o caminho a nós mesmos.

    Lindo!

    Beijo doce!

    ResponderExcluir
  26. Cara! Adoooro seu jeito de escrever! É diferente, e lindo. Amei! Parabéns.
    Beijo. ♥

    ResponderExcluir
  27. Oi querida nunca apaguei os rabiscos de giz das calçadas!
    desenhe o sol

    bjos

    ResponderExcluir
  28. amei esse texto...
    tão lindo...
    bjok, Flor.

    ResponderExcluir
  29. adorei o texto *-* e seu blog é lindo *-*
    estou seguindo.
    beeijos

    ResponderExcluir
  30. "Meu lugar é a poltrona ao lado da liberdade e minhas regras fazem parte da sensatez do acaso..." Adorei Carol... bjussssss

    ResponderExcluir
  31. ai que texto lindo, muito lindo mesmo.
    você tem muito talento.
    aproveite mt dele,
    beeijos - o blog é lindo.

    ResponderExcluir
  32. ah tuas palavras sempre ficam muito bonitas juntas! beijos

    ResponderExcluir
  33. Huum brigadaum Guriiia!! =))
    beiijoos!! um ótemooo fds!! beijos!

    ResponderExcluir
  34. Há um tempo em que é preciso abandonar as roupas usadas, que já tem a forma do nosso corpo, e esquecer os nossos caminhos, que nos levam sempre aos mesmos lugares. É o tempo da travessia: e, se não ousarmos fazê-la, teremos ficado, para sempre, à margem de nós mesmos.

    Fernando Pessoa

    Lembrei do Pessoa nesse texto.
    Muito bom.

    ResponderExcluir
  35. "Meu lugar é a poltrona ao lado da liberdade e minhas regras fazem parte da sensatez do acaso."
    Tão simples e tão puro, me vi nessas palavras.
    beijos.

    ResponderExcluir
  36. Não de voz à curiosidade e tente enganar a teimosia.

    Muito bom!

    ;*

    ResponderExcluir
  37. Chega uma hora que não dá mais né?!

    Bjs =)

    ResponderExcluir
  38. Menina, adoreei!

    Deixo um beijos, flor :*

    ResponderExcluir
  39. liindo como sempre *-*
    suas frases de efeito me emocionam s2
    beijos s2

    ResponderExcluir
  40. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  41. Uau!
    Gosto da delicadeza com que escreve sobre sentimentos difíceis...
    Mas talvez este final ficasse mais parecido comigo (o que não vem ao caso):
    "Não me espere mais. Vou e aviso-te que não voltarei."

    Ah, sim: e o título da postagem é uma boa músicas dos L.H. Gosto bastante. ;)

    Beijo.

    ResponderExcluir
  42. querida amiga, perfeito....sai voando sempre.
    bjos com carinho.

    ResponderExcluir
  43. Talvez voltasse, talvez não. Tudo é uma questão de posição planetária.

    ResponderExcluir
  44. Somos os nossos passos, nossas decisões, nosso trajeto e ainda que sejam mal traçados aos olhos do outro, que vivamos, para que aprendamos a conhecer.
    Somos nossos poder de decisão. Somos ação e temos que nos atrever.
    O meu tempo não é o seu, nem o seu o meu então porque que tenho que viver as horas marcadas pelo outro.
    Certíssima!

    Lindo texto mocinha.
    Te aplaudo de pé!

    Bjs

    Livinha

    ResponderExcluir
  45. "Meu lugar é a poltrona ao lado da liberdade e minhas regras fazem parte da sensatez do acaso."

    Amei a frase!
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  46. No seu lugar, não voltaria mais...mas quando penso de novo,
    eu vejo que sempre é sempre muito tempo.
    E nunca é uma ausencia, por vezes, insuportável...
    Então eu diria pra vc ir e demorar bastante mesmo, pra dar tempo da máscara cair...
    Beijos, querida

    ResponderExcluir
  47. A gente cansa de esperar ne!

    Lindo texto!

    bjos

    ResponderExcluir
  48. Lindíssimo texto, muito profundo. Obrigada por compartilhar, por nos fazer pensar junto.

    ResponderExcluir
  49. Estupendo el texto, pasé a echar un ratito de lectura en tu espacio, y como siempre me voy encantado.


    Saludos y un abrazo.

    ResponderExcluir
  50. Lindo e intenso!

    Adorei.

    Grande beijo.

    ResponderExcluir
  51. Agradecia que desses a tua opinião no meu blog, obrigado ;)

    ResponderExcluir
  52. AA que lindo texto,que lindo blog *-*

    Muito bom aqui,parabéns,você escreve muito bem mesmo.Amei o/
    Obrigado pela visita lá no blog.;)
    Beijos.

    ResponderExcluir
  53. que texto incrível! garota, você tá cada vez mais encantadora com as palavras! parabéns!

    beijos!

    ResponderExcluir
  54. É preciso se libertar da solidão e deixar espaço pra emoção entrar!
    Que lindas palavras Ana!
    Um beijo, boa semana tá!
    Ju

    ResponderExcluir
  55. nooosa seu blog é liindo :
    deppois visita o meu?

    http://blogdeumagarotaadolescente.blogspot.com/

    Beijos.

    ResponderExcluir
  56. Vou e aviso-te que não volto cedo!

    Minhas atitudes são assim.

    Beijooooooooooooo!

    Tudo lindo aqui, TUDOOOOOOOOOOOO!

    ResponderExcluir
  57. Arrancou de mim litros de alguma coisa realmente boa, que não sei dizer o que é.

    Beijos

    ResponderExcluir
  58. Meu lugar é a poltrona ao lado da liberdade e minhas regras fazem parte da sensatez do acaso.
    liiindoo *--*

    ResponderExcluir
  59. Simplesmente perfeito! Adoro seu Blog! É um dos meus favoritos, se não for o favorito...
    Parabéns!
    Beijo no coração!

    ResponderExcluir
  60. o giz colorido me faz lembrar mary poppins...
    beijo!

    ResponderExcluir
  61. Mesmo que pareça tarde, haverá um amanhã que nascerá com o cedo do dia, e sempre ressusrge a esperança.

    Beijo

    ResponderExcluir
  62. Também ando assim... mas voltei, só aqui pro blog.... belo texto! Abraços

    ResponderExcluir
  63. queridas amigas e amigos......
    hoje não poderei ler nada estou debilitada

    Obrigado pelo carinho,
    fico feliz quando passa
    por aqui...

    um bom dia
    abços e bjos.
    muito bem dedicada....

    ResponderExcluir
  64. nem cedo e nem tarde ,mas na hora certa

    a momentos que precisamos nos desprender de algo e é dificil,pois ficamos sempre acustumados com a situaçao e nao queremos mudar temos medo e insegurança.
    beijo doce

    ResponderExcluir
  65. Oi Querida,tem um selo para ti lá no meu blog tá.

    bjs,
    T.S

    ResponderExcluir
  66. Lindo texto! Forte, expressivo!
    Gostei muito do teu espaço!
    Beijo!

    ResponderExcluir