Uma moda da época...

Um corte duplo de cortina dança com ar de graça pelo centro da parede descascada, refletindo um toque cor de rosa fosco pela superfície transparente de uma vidraça já enferrujada.
Do lado de cá, com formatos antigos e expostos na altura de uma estante em tons de carvalho, algumas fitas cassetes são enfeitadas pela poeira.
O silêncio daqui corta, com acidez, as cordas vocais e a única expressão que resta, são algumas lágrimas reservadas, que se jogam do olhos para fora, estimuladas pela nostalgia.
Com o olhar encharcado, tento educar minha curiosidade, que abusa de algumas restrições.
Sem sucesso, acabo cedendo e descarrego algumas fitas em uma TV antiga no canto da sala.
Ali, encontro vídeos delineados em cores boas de provar.
Alguns sorrisos congelados, com sabor de saudade, definem um colorido neon.
E a fita de cetim cintilante, amarrada no alto do cabelo, desenha os traços de uma moda da época.
Uma época em que a saudade não era moda.

60 comentários:

  1. Uma época em que a saudade não era moda.
    A singeleza do ser esta neste dom não é? De poder compreender o saudar quando é de bem querer...

    Beijos!

    ResponderExcluir
  2. Que lindo querida, dos textos que mais gostei.

    Parabéns, beijinho grande*

    ResponderExcluir
  3. Eu careço de emoções... As poesias sempre me emocionam. São escritos raros, feito com amor.

    Beijos de boa noite.

    ResponderExcluir
  4. A saudade não era moda...mas que frase mais linda esta...uauuuuu...


    beijos com meu carinho,

    Bia

    ResponderExcluir
  5. Quee lindo blog *--*'
    O texto também é maravilhoso ;D
    Adorei tudo e to seguindo ^^

    Beijos Beijos ;*

    ResponderExcluir
  6. Gostaria de ter vivido nessa epóca que a saudade não era moda

    Linda poesia!
    Parabéns!


    bjos

    ResponderExcluir
  7. a descrição rica em detalhes parece que nos faz vivenciar tudo o que está escrito ali. "uma época em que a saudade não era moda." lindíssimo trecho *-*

    ResponderExcluir
  8. Texto com gostinho de nostalgia, como sempre, adorei...

    Bjs =)

    ResponderExcluir
  9. Belas palavras.... flor....
    Psiu: Co loquei um tetxo seu lá no meu blog antes que aja desavenças...pois sei que seus textos são creditados........

    Um xerooo flor!

    ResponderExcluir
  10. Seu texto me fez estar e sentir como se estívesse no local descrito, e até uma pontinha de saudade apareceu no meu peito... perfeito!

    beijos meus,

    Lis.

    ResponderExcluir
  11. Gostei. Bonito e sutil.
    E com uma frase linda para fechar...

    um beijo

    ResponderExcluir
  12. Um belissimo texto desenhando uma linda saudade,,,,muito gostoso..b.eijos de bom dia.

    ResponderExcluir
  13. Não gosto da saudade... não muda nada.


    "Um tempo em que a saudade não era moda"... porque podiamos viver ?

    ResponderExcluir
  14. Oi querida!
    Vc gosta de rock?
    quer ganhar um CD personalizado?
    Então passa lá no Mix:
    http://www.mixculturainformacaoearte.com/2010/08/live-and-dangerous-thin-lizzy-coluna-de.html

    bj

    ResponderExcluir
  15. é incrível como os gestos associados à saudade se sucedem quase como rituais... senti-o no teu texto; sinto-o no texto da minha vida.
    um abraço!

    ResponderExcluir
  16. que lindo texto

    obrigada qerida, votaste? :)

    ResponderExcluir
  17. "Do lado de cá, com formatos antigos e expostos na altura de uma estante em tons de carvalho"...muito bom este trecho, mas em todo o seu conteúdo, o texto é de muita imaginação, nos leva direitinho ao passado.

    BeijooO*

    ResponderExcluir
  18. Texto especial pela riqueza de detalhes. Bjs!

    ResponderExcluir
  19. nossa, " a saudade não era moda" me emocioneei com isso, sl, é simples mas causa efeito *o*

    ResponderExcluir
  20. simplesmente surpreendendo a cada post... lindo.. adorei... Eu devo estar na moda ja que morro de saudades!!!... BJUSSSSSSSS

    ResponderExcluir
  21. Uma saudade demodê. Tão bom seria...

    Um encanto as suas palavras!
    Voltarei...

    Beijo doce!

    ResponderExcluir
  22. ''Uma época em que a saudade não era moda''
    Èpocas assim não findam dentro de nós.

    Senti tua falta menina, não sumas mais viu?
    Não nos deixe sedentos por palavras gostozas assim!

    Um beijo que estava super guardado para ti.

    ResponderExcluir
  23. vs escreve sempre beeeem !
    tem um selinho no meu blog pra vs !
    beeijos

    ResponderExcluir
  24. O silêncio daqui corta, com acidez, as cordas vocais e a única expressão que resta, são algumas lágrimas reservadas, que se jogam do olhos para fora, estimuladas pela nostalgia.

    Exatamente como me sinto!

    ResponderExcluir
  25. Oi carol! Obrigado pela visita!
    Teu blog tá lindo, fazia tempo não comentava aqui.

    beijos beijos

    ResponderExcluir
  26. ooi, tem selinho pra vc no Let me Go, passa lá e pega,
    bjos

    ResponderExcluir
  27. hoje a saudade ta nas melhores revistas.
    Tão Lindo aqui, e se não sabe vim pra ficar.

    Abraço meu.

    ResponderExcluir
  28. Beijo carinhoso de otimo final de semana pra ti querida,,,paz e serenidade sempre....

    ResponderExcluir
  29. Olá querida !

    Seu espaço é lindo, maravilhoso, obrigada por achar-me ! tbém passei a segui-la...

    Bjos

    ResponderExcluir
  30. Gostei dos detalhes do texto.
    Beijos ;**

    ResponderExcluir
  31. Quanta doçura por aqui *.*


    ô menina,
    que coisa mais linda.


    obrigada pela visita.
    um beijo e muita poesia =}

    ResponderExcluir
  32. Oow meu bem! brigada *-*
    Pessoas como vc lá no blog é que me fazem feliz.
    O teu tá maravilhoso! Amei tudo por aqui.

    beijao.

    ResponderExcluir
  33. ameei o post, é lindo aqui, e tbm vim pra ficar ! obrigada pela visita *-*

    ResponderExcluir
  34. se saudade é moda, amo cada vez mais ser brega...
    lindas palavras
    beijos

    ResponderExcluir
  35. Oi Ana (:
    Primeiro vim agradecer por você ter passado lá no blog e estar seguindo ele, e também por ter comentado. A propósito já estou seguindo o seu também (:
    Adorei o design, totalmente lindoooo ^^
    E o texto me trouxe um enorme sentimento de nostalgia, mesmo eu não tendo um passado tão longo assim, mas pude me recordar de alguns momentos que já aconteceram lendo o seu texto.
    Muito bem escrito, amei.
    Parabéns e muito sucesso pra você. Voltarei sempre que tiver post novo ^^
    Bjs ;*

    ResponderExcluir
  36. Oi...

    Estou aqui retribuindo sua visita...e tb encantada com seu blog...com seus textos...não tenho palavras pra vc....beleza pura.

    O que eu acho interessante é que só na nossa lingua existe este termo "saudade".

    Ainda bem....fora de moda...ou na moda...temos uma palavra que podemos usar pra expressar esta coisa estranha...ás vezes boa...outras não....mas sempre é SAUDADE!

    BJOS!!!!!

    Zil

    ResponderExcluir
  37. *-* Obrigada!
    Também adorei o seu,
    vou ficar por aqui também. <3

    Beijoo :*

    ResponderExcluir
  38. "Alguns sorrisos congelados, com sabor de saudade, definem um colorido neon."

    Lindo Ana!
    Encantador como sempre!
    Da musica do Renato " Nesses dias tão estranhos ficam poeira se escondendo pelos cantos"

    bjos querida

    ResponderExcluir
  39. "Uma época em que a saudade não era moda"
    perfeito demais!

    =]

    Beijos, flor!

    ResponderExcluir
  40. Olá, chará!
    Adorei sua visita ao blog Significantes.
    Seguindo-te...por aqui e no twitter!
    :)
    Gosto das coisas que não estão na moda...adorei o seu texto.

    ResponderExcluir
  41. muitas vezes as lagrimas são nossas companheiras, todos os dias elas chegam, às vezes silenciosas, outras gritam, soluçam...
    beijos!

    ResponderExcluir
  42. E agora é modo neh Ana, as coisas vão mudando, os valores, todos nós..mais não deixemos o amor e a esperança morrer jamais!
    Um beijo da Ju
    adoro aqui
    bom fim de semana!

    ResponderExcluir
  43. "Alguns sorrisos congelados, com sabor de saudade, ...e esses sorrisos congelados eu sinto falta todos os dias.

    obrigada pela visita ao "janelas" e o texto é muito lindo.
    beijo.

    ResponderExcluir
  44. lindo blog
    O texto também é maravilhoso
    te seguindo tambem
    bjim bom final de semana

    ResponderExcluir
  45. te seguindo ,
    haa e eu ameiii o texto *--*

    ResponderExcluir
  46. oi grafite,
    lindo texto!!
    bjos com carinho...

    ResponderExcluir
  47. Minha vida é dividida em épocas e só nesta tenho saudades daquela.
    Lindo texto, parabéns.
    Léah
    http://pinturaartesanato.blogspot.com

    ResponderExcluir
  48. Ana,

    gosto dessa simplicidade. Na escrita e em como a vida é observada. Poeira, cortinas, fitas, vídeo. O que isso significaria em uma ocasião qualquer? Bastam olhos atentos para perceber que qualquer coisa vira encanto.

    Prazer em ler-te.

    Beijo!

    ResponderExcluir