quarta-feira, 28 de abril de 2010

Lá onde mora a felicidade

Já em tempo, a noite dá o ar de graça e impaciente saio em meio à poeira, vagando pelas ruas de um lugar afastado. E estes faróis que surgem de uma encruzilhada distante e, ao ritmo dos meus passos hesitantes, aproximam-se. Para onde vão estes carros? O que há neste caminho além da brisa fria, que sem graça toca de leve minha face.
Sem pressa continuo alimentando minha curiosidade e contando os passos, um após o outro. Então, reparo que a lua já tem um novo formato. Ainda ontem riscava o céu com um tímido traço em curva, hoje a lua preenche o vazio dessa imensidão negra com uma bola maciça.
O desejo exagerado de ver e saber além me apressa. O que pode haver do outro lado, será que é lá onde mora a felicidade? Ainda olho para os lados e nada posso ver. Está tão escuro por aqui.
Incomoda-me parecer a única caminhando diante desta vitrine de estrelas. Teimando e sustentando com inquietação os meus passos, me pergunto se já é tarde demais, pois aos poucos o fluxo de faróis diminui.
Eu não quero parar. Quero caminhar até lá e alcançar o que, daqui, os meus olhos não podem. Sem sucesso, brigo com as horas, na tentativa de enganar o cansaço.
Os carros já não fazem poeira no asfalto e eu perco a direção do vento, que me levaria até onde eu julgo estar a felicidade.
Isolada do mundo e vencida pela exaustão, resta-me o caminho de volta. O caminho pra casa.

29 comentários:

  1. "Eu não quero parar. Quero caminhar até lá e alcançar o que, daqui, os meus olhos não podem."


    eu tb não quero parar, quero encontrar minha felidade...

    ResponderExcluir
  2. Você escreve muito bem,parabéns...

    Lindo texto,gostei!

    Um abraço!

    ResponderExcluir
  3. Um dia vou comer um gelado à Lua. Vou ver se lá sabe melhor.

    :)

    ResponderExcluir
  4. Me vi horrores nesse texto!
    Mas para mim sair pelas ruas a noite sem destino, com todo aquele movimento de carro e me perdendo em meus pensamentos já é estar no caminho da felicidade. Amo isso :)

    ResponderExcluir
  5. amei, amei. lindo!
    e a foto... me remete a coisas da minha vida.

    ResponderExcluir
  6. "resta-me o caminho de volta. O caminho para casa.", e pode ser muito bom! :)

    ah, tem um selo para ti lá no blog
    :*

    ResponderExcluir
  7. também adorei tudo por aqui :b
    já te estou a seguir também!
    Beijinhos :)

    ResponderExcluir
  8. Muito lindo seu blog, amei demais aqui :}

    ResponderExcluir
  9. bela tarde bonita...
    adorei o selo!!
    vou guardar com muito muito carinho

    que viva a amizade! tem me feito tao bem..
    bom te ter por aqui tambem..

    mantenha um bom sorriso.. ^^

    beijo na testa!

    ResponderExcluir
  10. "Eu não quero parar. Quero caminhar até lá e alcançar o que, daqui, os meus olhos não podem.." SIMPLESMENTE ENCANTADOR... ENVOLVENTE... PAREÇO VIVER ESSA EMOÇÃO!!! TE ADORO FLOR, CONTINUE FAZENDO CHORAR MEUS OLHOS ATRAVES DESSAS PALAVRAS LINDAS QUE VC SABE COMPOR!! BJOS

    ResponderExcluir
  11. Oi,
    tem selinho pra você no meu blog *-*
    beeeeijos ;*

    ResponderExcluir
  12. Liindoo post , amei . Todos nós buscamos o caminho da felicidade , mais não é facil seguir até ele . Mas não devemos desistir , temos que seguir esse caminho mesmo que a lua mude de formas sem parar , um dia chegamos lá ;D'

    ResponderExcluir
  13. Esse texto foi profundo. Amei!

    Gostaria de saber onde fica a felicidade. Estou precisando um pouco dela.

    ResponderExcluir
  14. O caminho para casa é sempre uma parte do caminho para a felicidade.
    A felicidade não se encontra do outro lado. É que a gente insiste em ir longe para encontrar algo que só achamos dentro da gente.
    Lindo o post,
    beeeeeijos *-*

    ResponderExcluir
  15. Linda quinta!
    Bjins entre sonhos e delírios

    A carne ferve
    Os olhos fecham(...)
    E tudo explode(...)

    ResponderExcluir
  16. "Isolada do mundo e vencida pela exaustão, resta-me o caminho de volta. O caminho pra casa."

    E não é mesmo? Adorei o blog, fez minha noite.

    ResponderExcluir
  17. E por que a gente sempre teima em procurar a felicidade além do horizonte, qdo ela tá pertinho da gente, ali tímida no canto dela... dentro de nós mesmos... =)
    A felicidade mora em cada um, procurar lá longe só nos impede de notar isso (bom, é o q eu acho, hehehe)

    Bjs, até mais =)

    ResponderExcluir
  18. Belas palavras que fizeram delicado até o mais cansativo cotidiano.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  19. Flor, a felicidade não está longe...

    Nas coisas mais simples, nos pequenos gestos!
    Nas palavras ternas. Ela pode estar adormecida.
    Esperando um sorriso torto, ou uma gragalhada boba para desabrochar...


    Um beijo enorme, adorei o texto!!!

    ResponderExcluir
  20. belas e sabias palavras, me vi no texto do começo ao fim! Parabens *-*


    Seguindo!


    :*

    ResponderExcluir
  21. perfeito aqui *-*
    é fã de twilight?
    confere lá quem vai dirigir 'The Twilight Saga: Breaking Dawn'.

    beeeeeeeeijos :*

    ResponderExcluir
  22. Olá, obrigada pela visita (:
    Amei seu blog !
    Eu tenho pressa, tenho urgência e desespero .
    Só não descobri ainda exatamente pelo q ..
    Beijos, flor.

    ResponderExcluir
  23. não pare. NUNCA.
    seu blog está lindo, flor. beijão!

    ResponderExcluir
  24. Uaau... de tirar o fôlego, tuas escritas.

    Lindo mesmo.. Estou seguindo vc tbm.

    Beijos

    ResponderExcluir
  25. Muito muito bom. Como tudo aqui, não?

    um beijo e otimo finalzinho de semana.

    ResponderExcluir
  26. è bom ir até o fim pra perceber o que está do outro lado.

    ResponderExcluir
  27. Oi tem um selo para você no meu blog...
    Um abraço!

    ResponderExcluir
  28. minha best , sua leitora te admira muito , seus textos são perfeitos não há palavras pra descrever , simplismente é o melhor !

    ResponderExcluir