sexta-feira, 14 de maio de 2010

Reinventei você pela estrada

A neblina gélida alcança a constância da velocidade e fere o ruído dos pneus com a excitabilidade de um toque.
As gotas que se jogam contra o vidro do carro, aos poucos, vão delineando partículas de gelo e ganhando novas formas, pequenos flocos de neve brincando entre alguns galhos secos.
Aqui, ausente das suas ilusões eu prossigo pelas curvas. Peguei a estrada há muito tempo, quando descobri que morrer por amor estava fora de moda.
Mas agora, no silêncio de uma longa estrada coberta pelo gelo, delineei seus traços ingênuos em minha mente. Permiti-me errar por meio segundo, ao pensar em você de novo.
Em segredo, eu desejei um beijo roubado e um sorriso emprestado. Sua presença e seu calor junto ao meu.
Foi bom reinventar seu toque. Eu quis e a vontade já passou.

55 comentários:

  1. Reinventar um amor é amar duas vezes!!


    bom final de semana!!

    beijos

    ResponderExcluir
  2. Adoro um amor (re)inventado.
    ameeeei flor .
    beijos :*

    ResponderExcluir
  3. ahhhhhhhh. Eu to sentindo muito isso ultimamente.

    ResponderExcluir
  4. Meu deus que texto lindo *-*
    , puts, os detales que voce fala faz o texto ficar mais massa ainda (:

    amei <3
    bjs ;**

    ResponderExcluir
  5. O segredo de um amor verdadeiro é poder ser reinventado todo dia!! AMEI O TEXTO... detalhista, perfeccionista... alma feminina!!! adorei.... bjo flor!!

    ResponderExcluir
  6. "Em segredo, eu desejei um beijo roubado e um sorriso emprestado. " Muito bom, mesmo.

    Beijinho.

    ResponderExcluir
  7. Oi adorei o seu blog!
    Estou te seguindo! tudo Lindo aqui!

    Abraços @Huguenho

    ResponderExcluir
  8. A vontade de ter algo que um dia tocou nosso coração, nunca vai passar, voltará sempre em forma de lembrança.

    ResponderExcluir
  9. nada como saber amar meu anjo , *.*

    ResponderExcluir
  10. Adorei o texto e
    "Foi bom reinventar seu toque"
    Perfeito pensamento.
    Bjins entre sonhos e delírios

    Despudorada-Mente Eu
    Hoje
    na verdade
    queria despir-me.(...)Reflexo d'Alma

    ResponderExcluir
  11. não dá pra não sentir falta, não querer de novo, mas quando se deve seguir em frente, a força que se faz pra esquecer e não desejar, tem de ser maior que qualquer desejo.
    beijos.

    ResponderExcluir
  12. grafite, se há algo que todos aprendemos, mais cedo ou mais tarde, é que por mais que fujamos do amor, ele persegue-nos... num pensamento esquivo, num beijo desejado, num suspiro incontido ou na releitura de uma carta tímida... resistir ou sucumbir é o dilema a que cada um, ponderadas as forças, terá de dar resposta.
    belíssimo texto!
    um beijinho!

    ResponderExcluir
  13. Será que morrer por amor, está fora de moda?...Eu sou capaz de morrer por amor!

    Beijinhos
    António

    ResponderExcluir
  14. Parabens pelo texto.Gostei.Ia ser bom um beijo e um abraço num frio dessa estrada...
    Um abraço!

    ResponderExcluir
  15. Olá,
    Oxalá o desligar de meio segundo não tenha sido na curva, ou, se acaso foi, que o amor tenha habilmente guiado tuas mãos.
    Saúde e felicidade.
    João P Metz

    ResponderExcluir
  16. Também tenho dessas, de atropelar paixões

    =)

    ResponderExcluir
  17. Olá! Vim retribuir a visita e dizer que adorei: o blog é suave, gostoso de ler e aconchegante.

    Um beijo roubado se alguém especial é sempre especial.

    Eu Demoro, mais volto. Te espero sempre lá no Apenas umm ponto Esportivo.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  18. Parabéns pelo post! Lindo.
    Adorei conhecer seu blog.
    te seguindo pra saber de tudo q rola por aki.

    Bjs,
    Rafaela

    ResponderExcluir
  19. Esse gelo, traz influências no coração..o desejo de ser feliz!
    Um beijo Ana!
    Otimas palavras, me fez pensar muito!

    ResponderExcluir
  20. Tem um selinho pra você em meu blog..
    E nem precisa agradecer, se te escolhi,
    foi porque realmente foi merecido!

    Você de alguma forma tornou meus dias
    mais coloridos e dessa forma simples
    quero tentar retribuir ;*

    ResponderExcluir
  21. Adoro de paixão esses textos detalhados, em que cada descrição com vários detalhes, dão toda a beleza ao texto.
    É, eu ultimamente ando em uma situação parecida. Mas ando inventando um amor.

    ResponderExcluir
  22. Selo pra ti no meu blog =)
    Espero que goste...

    Bjs...

    ResponderExcluir
  23. adorei o post *-*

    'bate aquela saudadezinha,
    e depois ela passa... Mas isso vai e volta num ciclo meio qe "interminável" .

    ResponderExcluir
  24. Uma espécie de resolução imediata.
    Funciona na hora, mas a longo prazo, a estrada parece confortar e mostrar outros devaneios.

    Estou seguindo.
    Grato pela visita

    ResponderExcluir
  25. "Em segredo, eu desejei um beijo roubado e um sorriso emprestado. Sua presença e seu calor junto ao meu."
    Lindo o texto!

    ResponderExcluir
  26. Por isso que é bom ser criativa, podemos inventar e fazer a vontade passar. E seguir em frente, sempre. Pois morrer de amor realmente é piegas.


    beijos, lindo texto!!!

    ResponderExcluir
  27. Lindo mesmo o texto...

    Beijos fofa!

    ResponderExcluir
  28. Querida, tem um selo para você no meu blog!

    Depois dá uma passadinha lá para pegar!

    Beijitos!!

    ResponderExcluir
  29. Oieeee
    Que bom reinventar!
    ainda bem que podemos isso...
    bjOus

    ResponderExcluir
  30. Grata querida ....
    VOCÊ é que é muito boa com as palavras ...
    bj ..
    grata por me linkar .. fiz o mesmo com vc ...
    (sem coragem de me tornar seguidora, tenho um conteúdo meio 'adulto' demais ...)

    bj

    ResponderExcluir
  31. Ah, que lindo!!
    Mas será que a vontade passou mesmo, rs? Porque eu acho que quanto mais a gente imagina, mas deseja que se torne real...
    Adoooooooooooooro sua escrita, Aninha! É linda! E obrigada pelo carinho, é recíproco, viu? Amo de paixão seu blog!
    Beijoos e sucesso sempre!

    ResponderExcluir
  32. Perfeito aqui *0*
    beijos :*

    http://drykasales.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  33. "Em segredo, eu desejei um beijo roubado e um sorriso emprestado. Sua presença e seu calor junto ao meu."

    Eu também as vezes me pego querendo tudo de novo , mais diferente de ti , eu sempre quero mais . Amei o post *-*'

    ResponderExcluir
  34. " Permiti-me errar por meio segundo, ao pensar em você de novo."

    e esse erro ta me custando caro, não consigo parar (de novo)

    - Seus posts como sempre tocam meu coração ^^

    Um grande beijo ;*

    ResponderExcluir
  35. Belo texto.
    É verdade, morrer por amor esta fora de moda.

    Beijos.
    Bom domingo *-*

    ResponderExcluir
  36. Morrer por amor, ou pelo amor morrer...

    Quando pensamos em algo que queremos é como se tivéssemos isso um pouco conosco, não é!?

    ResponderExcluir
  37. Primeira vez que visito aqui, adorei o blog... É lindo, e você escreve muito bem!
    Porém, por questões de orgulho próprio e frescura aguda, só sigo quem me segue q E quem sigo visito sempre... Enfim, se vc for no meu blog gostar e tal, segue tá?
    Bjs

    Ps- To fazendo uma promoção no blog ;P Tá no "all pink", confere lá..

    ResponderExcluir
  38. porque aquilo que eh bom a gente tem que reiventar mesmo

    ResponderExcluir
  39. eu quiz e ainda quero sentir o toque dele de novo :/

    Querida tem um selo para vc no meu blog :)
    bjim

    ResponderExcluir
  40. Lindo como sempre!
    Seus posts são lindos e as fotos tambem!

    Mil beijos!

    ResponderExcluir
  41. Instintos de Amar...
    Obrigadal pelo comentario...
    Adoro o seu blog!
    Beijo*

    ResponderExcluir
  42. Muito lindo... bjs!

    http://meuprojetopiloto.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  43. Oin que amor.
    Da uma passadinha no meu blog tb!
    Bjoo

    ResponderExcluir
  44. Ao longo da vida, vamos reinventando muitas coisas não é mesmo?? Dentro de nós, em cada fase da vida olhamos a mesma coisa com um novo olhar! amei o texto, bjsss =)

    ResponderExcluir
  45. 'Permiti-me errar por meio segundo, ao pensar em você de novo.'

    esses erros sao sadios!
    ;)

    ResponderExcluir
  46. amiga,
    que texto divino...
    vou pegar uma carona nesta estrada.....
    linda semana.
    bjos.

    ResponderExcluir
  47. "Foi bom reinventar seu toque. Eu quis e a vontade já passou."
    Ruim é quando a vontade não passa! Aí complica...

    belo texto!
    beijos
    ahhh, tem um selo para ti lá no blog
    beijos

    ResponderExcluir